29.12.06

A ÁRVORE QUE ACABA COM A ÚLCERA

A guaçatonga, popularmente usada como cicatrizante, já é reconhecida pela ciência por fechar 100% das feridas no estômago- e, que bom, sem provocar efeitos colaterais.
Havia evidências de que a guaçatonga continha substâncias capazes de atuar contra as úlceras estomacais. Agora uma análise de suas propriedades confirma o poder dessa árvore, que, por sinal, é brasileiríssima.
Após anos de investigação, os cientistas provaram que o extrato das folhas da Casearia sylvestris, nome científico da espécie, tem tudo para se tornar um remédio imbatível contra a doença. Comparado com as drogas, que, por enquanto, são as mais prescritas contra a úlcera, o fitoterápico apresenta grandes vantagens: ação até 3 vezes mais rápida, ausência de contrações na musculatura uterina, responsáveis por cólicas e até abortos, e eficácia de 100%, independentemente do estágio da ferida.
Não se trata de uma promessa pequena, sobretudo quando consideramos que 12 milhões de brasileiros padecem dessas lesões. Elas, somadas a um aumento na produção de ácidos digestivos, provocam muita dor, queimação e dificuldade para se alimentar. Nos casos graves, a úlcera pode até perfurar o estômago. Por trás de seus estragos estão o uso prolongado de certas drogas e o ataque da bactéria Helicobacter pylori, que, oportunista, tira proveito de alterações no pH do suco gástrico para fazer a festa.
Além de acelerar a cicatrização da parede estomacal, o extrato das folhas protege suas células contra um fator que tende a piorar tudo, a autodigestão. Em outras palavras, torna a mucosa interna estomacal mais resistente aos ácidos que quebram os alimentos. E os compostos da guaçatonga ainda reduzem a produção dos gases.
O chá também funciona?
O que os pesquisadores testaram foi o extrato da guaçatonga e não o seu chá. Mas a sabedoria popular já consagrou a bebida feita das folhas em razão dos efeitos antiinflamatórias e cicatrizantes. E este é o jeito certo de prepará-la: para cada 200ml de água, junte 10 gramas de folhas. Leve ao fogo e, antes da água ferver, apague a chama, mantendo a chaleira tampada. Deixe esfriar e tome duas xícaras por dia durante uma semana.
Planta boa de briga
Como o estômago sofre e como a planta o alivia?
  1. Surge a úlcera- a mucosa do estômago deveria protegê-lo do ácido clorídrico e da pepsina, que jorram com o suco gástrico para quebrar a proteína dos alimentos. Porém, certos remédios e a presença da bactéria Helicobacter pylori fragilizam esse tecido. Então surge a úlcera.
  2. A planta em ação- os terpenos da guaçatonga tornam a mucosa mais espessa. Com isso ela passa a controlar melhor a produção do ácido clorídrico e fica com maior resistência à ação da pepsina, capaz de digeri-la.
Ficha técnica
  • Nome científico- Casearia sylvestris.
  • Nome popular- Vassitonga, erva-de-bugre, bugre-branco e erva-de-lagarto.
  • Origem- América do Sul.
  • Como funciona- a espécie possui terpenos, que protegem a parede do estômago contra agressões, e ainda substâncias classificadas como saponinas e taninos, com reconhecido efeito cicatrizante.
  • Características- a árvore chega a 4 metros. As folhas tem forma de lança e as flores são pequenas e esverdeadas.

114 comentários:

  1. Alguém saberia me informar se há restrições ao horário que se deve tomar o chá de guaçatonga? O melhor horário poderia ser antes das refeições ou antes de dormir, ou não há qq restrição?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, eu vou te falar da minha cura com guaçatonga. Eu tinha gastrite, esofagite e uma pequena formação de hernia de hiato. Estou completamento curada fiz endoscopia o meu gastro me deu parabéns de tão limpinho que esta meu estomago.E o melhor ... Voltei a me alimentar normalmente. Eu tomava 15 gotas do extrato de guaçatonga do lab. PANIZA em meio copo de água antes do café da manhã e do jantar, tipo meia hora antes. faça uns 3 meses que sua cura será garantida !

      Excluir
    2. Olá, tudo bem? Já entrei no site PANIZZA.COM.BR e lá não oferecem o extrato de guaçatonga por isto te pergunto onde encontrou o que utilizou em seu tratamento pois moro no Rio de Janeiro e por aqui ainda não encontrei...Agradeço Carla Campos

      Excluir
    3. Você encontra em lojas de produtos naturais e orgânicos, Gosto também do site http://www.oficinadeervas.com.br.

      Excluir
  2. Não há qualquer restrição, apenas, não utilize junto à refeição, como qualquer líquido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dinalva moradora de Brasília. Me informe onde posso encontrar essa arvore milagrosa. Me ajude por favor. Obrigada.

      Excluir
  3. Sou de São Paulo - Capital. Onde posso encontrar essa árvore ?

    ResponderExcluir
  4. Você encontra em lojas de produtos naturais e orgânicos. Pode procurar na Feira de Orgânicos do Parque da Água Branca aos domingos. Gosto também do site organicaalimentos.com.br.

    ResponderExcluir
  5. Pode ser usado por gestantes? MInha esposa tem ulcera e descobriu que está grávida de 06 semanas e a médica suspendeu seus remédios!!

    ResponderExcluir
  6. De acordo com um dos integrantes da pesquisa na UNESP, o farmacêutico Alberto José Cavalheiro, a principal vantagem da guaçatonga seria a sua ação rápida, sem causar efeitos colaterais - como a alteração do pH no estômago e a indução de contração uterina, o que impede o uso pelas gestantes - geralmente provocados pelos remédios tradicionais hoje disponíveis no mercado. "A velocidade de cicatrização de úlcera crônica induzida experimentalmente em ratos foi mais rápida com o extrato da guaçatonga do que a dos medicamentos mais utilizados", avaliou.

    ResponderExcluir
  7. Oi, eu moro em Brasília e não sei onde encontrar essa planta e nem qual nome ela tem aqui. Você poderia me ajudar?
    Valéia

    ResponderExcluir
  8. Aqui em São Paulo encontramos em casas de produtos naturais e em casas de ervas.

    ResponderExcluir
  9. bOM DIA GOSTARIA DE SABER SE É RECOMENDAVÉL TAMBÉM PARA GASTRITE, E QUAL SERIA OS MELHRES HORÁRIOS PARA INGESTAO DO CHÁ.

    ResponderExcluir
  10. É recomendável para gastrite. O chá pode ser ingerido antes das refeições ou antes de dormir, pois não há qualquer restrição quanto ao horário.

    ResponderExcluir
  11. Essa arvore tbm serve para tratar Retocolite(ulceras intestinais)?

    ResponderExcluir
  12. Sim, pode ser usada no tratamento de Retocolite.

    ResponderExcluir
  13. oi, boa noite! Márcia, mt obrigada pelo blog pois foi através dele q descobri essa planta e minha irmã pediu p a farmaceutica manipular uma pomada a base dessa planta e minha mae disse q a ulcera hipertensiva dela esta melhorando, nao doe mais, graças a deus. ela ja teve varias ulceras hipertensiva nas pernas, em 2000 ela teve nas duas pernas, foi mt dificil, ficou 3 meses internada direto, isso foi apenas uma das internacoes, ela gritava de dor dia e noite.Ela esta tomando a capsula, o chá e passando a pomada no machucado nos dois dedos do pé. moro longe dela, e descobri a planta pelo seu blog e pedi minha irmã p encontrar, e graças a deus ela achou. esta sendo mt bom p ela, ainda nao fechou, mas aliviou as dores. mas ela começou o uso na quinta-feira (02 set 2010) ligo p ela todos os dias, ela sempre reclamava de dor ao telefone, agora nao reclama mais, graças a deus. Vou postando aqui as melhoras dela, se deus quiser. Vou falar p meu irmão tb, ele tem ulcera gastrica.
    Abraços, mt obrigada mais uma vez, Tatiane Fortes.

    ResponderExcluir
  14. gostaria de saber se esta planta acaba com h.pylori agradeço desde já

    ResponderExcluir
  15. A guaçatonga não acaba com H. Pylori.
    Coma brócolis! Uma substância conhecida como sulforafano, presente no vegetal tem se mostrado eficiente no combate à Helicobacter pylori, a bactéria acusada de provocar gastrite e úlcera.
    Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, verificaram, em testes de laboratório, que o sulforafano é capaz de destruir o micro-organismo.
    Veja outros alimentos que combatem a bactéria:
    - Repolho
    - Couve-flor
    - Couve-de-bruxelas

    ResponderExcluir
  16. moro em fortaleza, onde posso encontrar esse cha

    ResponderExcluir
  17. Aqui em São Paulo encontramos em casas de produtos naturais e em casas de ervas.

    ResponderExcluir
  18. POR FAVOR ME INFORMEM ONDE POSSO ENCONTRAR ESTA ÁRVORE.
    MORO EM BARRAS DO MARATAOAN NO PIAUI.

    ResponderExcluir
  19. Aqui em São Paulo encontramos em casas de produtos naturais e em casas de ervas.

    ResponderExcluir
  20. Sabem informar se encontro essa planta na paraíba

    ResponderExcluir
  21. Aqui em São Paulo encontramos em casas de produtos naturais e em casas de ervas.

    ResponderExcluir
  22. onde encontrariao extrato de guaçatonga.?

    ResponderExcluir
  23. quero saber se toma so uma semana ?

    ResponderExcluir
  24. quero saber se o cha e usado somente uma semana ou mais dias?

    ResponderExcluir
  25. Aqui em São Paulo encontramos em casas de produtos naturais e em casas de ervas.

    ResponderExcluir
  26. O chá deve ser tomado durante uma semana.

    ResponderExcluir
  27. Boa tarde.
    O meu namorado está a fazer o tratamento triplo comum para acabar com a H. pylori, que são dois antibióticos e mais não sei o quê... O que eu quero saber é se este chá pode ser tomado em conjunto com a medicação e se a toma do chá de guaçatonga vai ser benéfica no tratamento, ou pelo menos se poderá aliviar os sintomas!
    Há outras maneiras de ingerir os nutrientes benéficos da guaçatonga sem ser em chá?

    Já agora, eu sou de Portugal.. também existe disto à venda nas lojas de medicina alternativa de cá?

    Obrigada pela atenção!

    ResponderExcluir
  28. A guaçatonga não acaba com H. Pylori, mas se resolver usá-la, além de chá ela pode ser encontrada em forma de extrato e xarope(uso interno) e como tintura (uso externo).
    Aqui no Brasil encontramos em casas de produtos naturais e em casas de ervas.

    ResponderExcluir
  29. O MEU FILHO TEM 11 ANOS E ESTÁ COM GASTRITE E H PYLORI PODE TOMAR ESSA PLANTA.

    ResponderExcluir
  30. Sim, ele pode, mas lembre-se que a guaçatonga age sobre a gastrite, mas não sobre a H. Pylori.

    ResponderExcluir
  31. Onde encontro em Campo Grande MS., essa planta guaçatonga

    ResponderExcluir
  32. Bom gostaria de saber se minha mãe que esta com esse problema, pode tomar esse chá sendo que o médico deu um remédio para ela ingerir, um tratamento. Não vai ter complicações se ela tomar os dois, o chá e o remédio!!!

    ResponderExcluir
  33. ola meu esposo ja tam mais de 2 anos que sai feridas em sua boca e na garganta,os medicos dizem que e h pilori,mais ele nao sente nem dor no estomago e nem azia,ele já tomou varios medicamentos e nada de ter melhoras.Sera que ele pode tomar o chá dessa erva pois ele nao sabe mais o que fazer e esta perdendo a votade de viver.
    obrigada pela atençao por favor me responda com urgencia.

    ResponderExcluir
  34. Aqui em São Paulo encontramos em casas de produtos naturais e em casas de ervas.

    ResponderExcluir
  35. A Guaçatonga (Casearia sylvestris) é antagonista da vitamina K, portanto não devem ser utilizados concomitantemente.

    ResponderExcluir
  36. gostaria de saber se uma mulhergestante pode tomar a guaçatonga ou o suco de couve

    ResponderExcluir
  37. Além da úlcera, a guaçatonga atua em casos de gastrite e retocolite. A guaçatonga não acaba com H. Pylori.
    Coma brócolis! Uma substância conhecida como sulforafano, presente no vegetal tem se mostrado eficiente no combate à Helicobacter pylori, a bactéria acusada de provocar gastrite e úlcera.
    Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, verificaram, em testes de laboratório, que o sulforafano é capaz de destruir o micro-organismo.
    Veja outros alimentos que combatem a bactéria:
    - Repolho
    - Couve-flor
    - Couve-de-bruxelas

    ResponderExcluir
  38. Gestantes podem usar tanto a guaçatonga quanto o suco de couve.
    De acordo com um dos integrantes da pesquisa na UNESP, o farmacêutico Alberto José Cavalheiro, a principal vantagem da guaçatonga seria a sua ação rápida, sem causar efeitos colaterais- como a alteração do pH no estômago e a indução de contração uterina, o que impede o uso pelas gestantes- geralmente provocados pelos remédios tradicionais hoje disponíveis no mercado. "A velocidade de cicatrização de úlcera crônica induzida experimentalmente em ratos foi mais rápida com o extrato da guaçatonga do que a dos medicamentos mais utilizados", avaliou.

    ResponderExcluir
  39. guaçatonga é bom pra mau-hálito?

    ResponderExcluir
  40. Oi MarCia que prazer encontrar seu blog, amei seu perfil, parece-me q vc é das pessoas que Deus enviou ao mundo para desenvolver papel de anjo, me comovo qdo vejo alguém de coração aberto se preocupando e ajudando o outro.Parabéns continue assim e que Jeová atenda todos pedidos do seu coração.

    ResponderExcluir
  41. Querida Márcia, muito obrigada pelas digas! Com certeza, ajudará muitas pessoas que, como eu, sofrem com esse problema.

    Beijos no coração e que Deus te ilumine sempre!

    Sandra

    ResponderExcluir
  42. A guaçatonga é indicada para tratar a halitose (mau-hálito).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi marcia ja tomei todos os medicamentos mais não motou bactéria to desesperada

      Excluir
    2. Coma brócolis! Uma substância conhecida como sulforafano, presente no vegetal tem se mostrado eficiente no combate à Helicobacter pylori, a bactéria acusada de provocar gastrite e úlcera.
      Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, verificaram, em testes de laboratório, que o sulforafano é capaz de destruir o micro-organismo.
      Veja outros alimentos que combatem a bactéria:
      - Repolho
      - Couve-flor
      - Couve-de-bruxelas

      Excluir
  43. Oiie gostariaa de saber qual é nome? onde posso encontrar? e quanto tem demora para curar ? qualquer coisa manda no feceboock Felipe Campos !

    ResponderExcluir
  44. Tudo bem Felipe Campos?
    A Guaçatonga (Casearia sylvestris) em São Paulo encontramos em casas de produtos naturais e em casas de ervas. O chá deve ser tomado durante uma semana.

    ResponderExcluir
  45. Oi! Vou experimentar sua dica. Tenho gastrite crônica e só agora no terceiro exame acusou essa bactéria. Não acho muito inteligente bombardear as minhas defesas, e meu estômago que já está debilitado, com antibióticos pesados. Então recorri à internet em busca de alguma ideia mais natural. Foi então que te encontrei.Se funcionar pra mim ficarei feliz em contar o resultado, se não, já me alegro em ver quantos você ajudou. Parabéns pelo seu trabalho! Meu nome? Feliz. Bjs

    ResponderExcluir
  46. Olá, em 2010 fiz tratamento contra o h. pylori,dezembro 2011 de novo com h.pylori tratei com omepramix e finalizei com nexium,faz mais de mes que estou sentindo dores de estômago e queimação to com medo de estar com a maldita bactéria ainda,fazer endoscopia de novo? machuca a garganta,o que devo fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coma brócolis! Uma substância conhecida como sulforafano, presente no vegetal tem se mostrado eficiente no combate à Helicobacter pylori, a bactéria acusada de provocar gastrite e úlcera.
      Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, verificaram, em testes de laboratório, que o sulforafano é capaz de destruir o micro-organismo.
      Veja outros alimentos que combatem a bactéria:
      - Repolho
      - Couve-flor
      - Couve-de-bruxelas

      Excluir
  47. Gente.....
    Estou deixando meu depoimento sobre a guaçatonga.
    Eu tinha gastrite, esofagite e refluxo tomei a guaçatonga e graças a Deus estou completamente curada!
    Para mim foi um presente de Deus.
    Aliaís não tenho palavras para agradeser a Deus e a pessoa que me indicou só sei falar OBRIGADA,OBRIGADA,OBRIGADA!!!

    ResponderExcluir
  48. diabeticos podem usar , noa tratamento de uceras nos pes?

    ResponderExcluir
  49. A Guaçatonga pode ser usada como cicatrizante tópico, mas não há pesquisas científicas que tenham sido feitas em diabéticos.

    ResponderExcluir
  50. Márcia, bom dia,
    recebi a indicação da guaçatonga para dores e inflamações. gostaria de saber se ela é indicada para o combate da artrose, e dores pelo corpo.

    ResponderExcluir
  51. A guaçatonga é indicada para tratamento de dores no corpo e para artrite. Não há pesquisas científicas que confirmem a ação da erva na artrose.

    ResponderExcluir
  52. Obrigada Márcia. O brócolis realmente funciona. Após ler no seu blog, eu fiz o tratamento com brócolis e o resultado foi maravilhoso. Após 8 anos de sofrimento me libertei da gastrite que me causava muita dor. Eu resolvi comer brócolis 3 vezes ao dia por 5 dias (dividia um brócolis em 3 partes e comia ele + ou - de 8 em 8 horas. No primeiro dia já passou a dor. Estou maravilhada...recomendo a todos...além de gostoso...cura muito rápido.

    ResponderExcluir
  53. Gostaria desaber se as verduras brocolis,couve-flor e repolho e pra se cor cru para a cura da h pylori

    ResponderExcluir
  54. De preferência coma os vegetais crus. Se for cozinhar, faça-os com pouca água e durante pouco tempo, para eles conservarem o máximo possível suas propriedades. Só corte os vegetais na hora de servir, senão eles ficam secos e murcham.

    ResponderExcluir
  55. bom dia marcia gostaria de saber se tem algum problema tomar o cha da guaçatonga junto com omeprazol e ranitidina ?

    ResponderExcluir
  56. Não há pesquisas científicas que confirmem a ação do chá com Omeprazol e Ranitidina.

    ResponderExcluir
  57. BOA NOITE , TOMO ATENOLOL 25 PRA HIPERTENÇAO POSSO TOMAR O CHÁ ? TENHO GASTRITE E HPYLORI,OBRIGADA.

    ResponderExcluir
  58. Não há pesquisas científicas que confirmem a ação do chá com Atenolol.

    ResponderExcluir
  59. Olá boa NOITE! Obrigada pelas dicas.

    ResponderExcluir
  60. Boa noite!
    Tenho o H Pilory desde 2010. Já fiz três tratamentos com anitbióticos, já passei por três médicos gastro e por último tentei a homeopatia que somente amenizou um pouco o problema, mas não curou.
    Você indicou brócolis, repolho, couve-flor e couve-de-bruxelas para erradicar o H Pilory, porém esses alimentos são contra indicados para quem sofre de flatulência em excesso, que é meu caso por conta da bactéria, tenho cólicas terríveis por conta disso.
    Será que existe alguma esperança para meu caso?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  61. Marcia, boa noite!

    Tomo escitalopram (remédio para ansiedade/panico). Há problema tomar o chá de Guaçatonga?

    ResponderExcluir
  62. Faça uma depuração biológica com salada de frutas frescas bem lavadas predominantemente com alimentos alcalinos que deve ser a base da alimentação. É melhor evitar alimentos ácidos que acidificam o organismo e são susceptíveis de facilitar a reprodução desse tipo de bactéria. Entre elas estão a carne, carboidratos refinados e os açúcares.
    Como você deve evitar a azia é muito eficaz tomar, regular e principalmente antes das refeições, um suco de batata crua, aipo e cenouras que são ricas em potássio.
    Também tome regularmente um pouco de água com dolomita dissolvida entre as refeições para absorver os elementos alcalinos e tóxicos da mucosa do estômago.
    Os purês ou cremes suaves são muito benéficos: abobrinha, purês ou abóbora, cebolas, alhos-porós e batatas.
    Evite café, álcool e refrigerantes.
    Coma sempre a refeição descontraidamente, em um ambiente agradável, com uma boa mastigação e salivação, melhorando a digestão.
    Os combates entre a acidez e protetores do revestimento do estômago são: camomila, tamarindo, hortelã e gengibre.
    Compressa abdominal aplicada principalmente na barriga com uma toalha molhada ou um pano torcido em água fria. Cubra com um pano, lã ou tiras de pano de forma a segurar e passar pelo menos uma hora.
    Utilize Cúrcuma que beneficia a integridade gástrica e aumenta a mucina, um dos principais constituintes do muco do estômago.
    Existem alimentos que servem como antibióticos naturais: alho, cebola, gengibre, tomilho, alecrim, hortelã e própolis.

    ResponderExcluir
  63. Não há pesquisas científicas que confirmem a ação do chá com Escitalopram.

    ResponderExcluir
  64. BOA TARDE,TENHO UMA BACTERIA QUE SE H.PIROLI E TENHO MUITA QUEIMAÇÃO,ESTA ARVORE guaçatonga VAI ME AJUDAR ? VCS SABE QUE ANTIBIOTICO,AJUDA MAS NAO E NATURAL E PODE ME FAZER MAL NO FUTURO

    ResponderExcluir
  65. Márcia,

    Por quanto tempo deve tomar o chá de guaçatonga? Estou tomando a 2 semanas mas ainda sinto queimação e as vezes dores no estomago.
    Tenho gastrite e esofagite cronica e h.pylori. Vi que você receitou comer brocolis, isso por quanto tempo?
    Tem algo mais que posso fazer?
    Estou perdendo peso pois não me alimento direito, devido ao mal estar no estomago, o chá emagrece mesmo? Qual a melhor forma que eu posso tomar para não emagrecer?
    Chá de boldo ajuda também na gastrite? Posso toma-lo pois ele alivia os sintomas do estufamento.
    Aguardo seu retorno.

    Abços
    Aline

    ResponderExcluir
  66. A guaçatonga não acaba com H. Pylori.

    ResponderExcluir
  67. Tudo bem Aline?
    O chá de guaçatonga deve ser tomado durante uma semana.
    O brócolis tem uma substância química capaz de eliminar a bactéria H. pylori, causadora da úlcera e de alguns casos de câncer estomacal. É o sulforafane, que já se sabia ser um composto químico efetivo na proteção contra o câncer.
    Os pesquisadores disseram que o brócolis têm uma quantidade considerável de sulforafane, mas não sabem informar ainda quanto de brócolis uma pessoa teria que comer para estar "vacinado". Esse dado terá que ser fonte de pesquisas de longo prazo, afirmaram.
    Veja outros alimentos que combatem a bactéria:
    - Repolho
    - Couve-flor
    - Couve-de-bruxelas
    A Guaçatonga (Casearia sylvestris) ativa a digestão das gorduras e tem ação diurética, por isso emagrece.
    O boldo é ótimo para quem tem gastrite.

    ResponderExcluir
  68. Obrigada Marcia pelo retorno.
    Gostei muito do chá de guaçatonga, depois de quanto tempo posso voltar a tomar o chá novamente?
    O extrato de brocolis em capsulas também funciona, ou tenho que comer o brocolis?
    Quanto ao limão puro com aguá, o que vc me diz? Tenho tomado quanto estou com enjoos e queimação e tem melhorado. Alguns sites dizem que funciona como omeprazol natural, outros dizem que não pode ser utilizado por ser acido. Gostaria de saber sua opinião.
    É normal quem tem gastrite e esofagite como no meu caso ter enjoos, perder o apetite e até vomitar?

    Bjos
    Aline

    ResponderExcluir
  69. Chá não é “remédio” de uso contínuo. Tomar o mesmo chá, todo dia, por muito tempo, pode dar problemas! O interessante é variar, explorar todas as opções e experimentar tudo o que tem por aí!
    Ingerir uma dieta balanceada fornece todos os nutrientes necessários; melhor do que tomar suplementos. Os suplementos alimentares podem não oferecer todos os benefícios dos nutrientes naturalmente encontrados nos alimentos e não se conhece bem todos os seus possíveis efeitos prejudiciais.
    Adequadamente usado, o limão tem o poder de cicatrizar as úlceras do estômago e evitar a sua formação, pois destrói os germes e as bactérias nocivas que contribuem para gerar as ulcerações.
    Perda do apetite, náuseas e vômitos também são sintomas de gastrite.

    ResponderExcluir
  70. ola, eu sou de portugal, preciso urgentemente do fluído de guaçatonga, mas nao encontro em Portugal, tenho gastrite e H. Pylori, alguem me pode informar sobre a venda destes produtos em portugal?
    tambem gostaria de saber se alguem eliminou a bacteria H. Pylori com Guaçatonga...

    ResponderExcluir
  71. A Guaçatonga (Casearia sylvestris) em São Paulo encontramos em casas de produtos naturais e em casas de ervas.
    A guaçatonga não acaba com H. Pylori.

    ResponderExcluir
  72. Márcia, obrigada pela paciência e generosidade!

    Quero adotar o brócolis por um tempo, mas sempre tive problemas com alimentos crus. Posso refogar rapidamente o brócolis no alho e cebola para conseguir ingeri-lo diariamente?

    Abração.

    ResponderExcluir
  73. Sim, cozinhe com pouca água e durante pouco tempo, para ele conservar o máximo possível suas propriedades.

    ResponderExcluir
  74. Adorei as dicas. Obrigada. Célia

    ResponderExcluir
  75. ola marcia boa tarde.eu me chamo vanda,e descobri hoje o seu blog quando estava pesquisando sobre bacteria no estomago h pilore pois esta com 8 dias que nao consigo comer nada e nem agua consigo tomar por causa dessa bacteria e sinto muito mal estar,eu gostaria de saber se posso usar o cha de erva de bugre e quais os alimentos que posso consumir,e os que nao posso.desde ja agradeço pelo blog. que Deus te ilumine sempre,fique com Deus.

    ResponderExcluir
  76. O chá de erva-de-bugre não acaba com H. Pylori.
    Coma brócolis! Uma substância conhecida como sulforafano, presente no vegetal tem se mostrado eficiente no combate à Helicobacter pylori, a bactéria acusada de provocar gastrite e úlcera.
    Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, verificaram, em testes de laboratório, que o sulforafano é capaz de destruir o micro-organismo.
    Veja outros alimentos que combatem a bactéria:
    - Repolho
    - Couve-flor
    - Couve-de-bruxelas
    De preferência coma os vegetais crus. Se for cozinhar, faça-os com pouca água e durante pouco tempo, para eles conservarem o máximo possível suas propriedades. Só corte os vegetais na hora de servir, senão eles ficam secos e murcham.
    Faça uma depuração biológica com salada de frutas frescas bem lavadas predominantemente com alimentos alcalinos que deve ser a base da alimentação. É melhor evitar alimentos ácidos que acidificam o organismo e são susceptíveis de facilitar a reprodução desse tipo de bactéria. Entre elas estão a carne, carboidratos refinados e os açúcares.
    Como você deve evitar a azia é muito eficaz tomar, regular e principalmente antes das refeições, um suco de batata crua, aipo e cenouras que são ricas em potássio.
    Também tome regularmente um pouco de água com dolomita dissolvida entre as refeições para absorver os elementos alcalinos e tóxicos da mucosa do estômago.
    Os purês ou cremes suaves são muito benéficos: abobrinha, purês ou abóbora, cebolas, alhos-porós e batatas.
    Evite café, álcool e refrigerantes.
    Coma sempre a refeição descontraidamente, em um ambiente agradável, com uma boa mastigação e salivação, melhorando a digestão.
    Os combates entre a acidez e protetores do revestimento do estômago são: camomila, tamarindo, hortelã e gengibre.
    Utilize Cúrcuma que beneficia a integridade gástrica e aumenta a mucina, um dos principais constituintes do muco do estômago.
    Existem alimentos que servem como antibióticos naturais: alho, cebola, gengibre, tomilho, alecrim, hortelã e própolis.

    ResponderExcluir
  77. Ola Marcia Parabens pelo seu blog,a tempos procuro algo alternativo que nao seja antibioticos comercias contra o H pylori, acho que se eu mesclar um pouco de todas as suas dicas creio que resolvera meu problema,nunca comi brocolis , mas vou incluir no meu cardapio , obrigado por dar um pouco do seu tempo com esse trabalho...
    Sidinei Barueri.

    ResponderExcluir
  78. por favor Marcia queria ajuda tbm para
    sindrome do panico
    por favor , obrigada!!

    ResponderExcluir
  79. A Doença ou Síndrome do Pânico é uma das manifestações de ansiedade excessiva, tratada por psiquiatras com medicação temporária, se preciso, e com orientações psicológicas (psicoterapia). Trata-se de uma crise muito desagradável na qual a pessoa tem a sensação de que vai morrer, de que vai ter um enfarte, ou vai perder o autocontrole, com sensação de que vai enlouquecer. Ocorre taquicardia (batimentos cardíacos acima do normal), sudorese, sensação de sufocação, extrema aflição, muita insegurança e pânico mesmo. Dura alguns minutos, passa, voltando a ocorrer no futuro, na mesma semana ou não.
    Sob o ponto de vista psicológico, a Doença do Pânico é um transbordamento da ansiedade na mente consciente da pessoa. Há autores que a descrevem como estando presente em pessoas que aparentemente são autônomas, independentes, assim como em dependentes e passivas. Quando elas sentem que algo ameaça sua segurança afetiva e vínculo afetivo com outros indivíduos significativos para a pessoa, surge um curto-circuito emocional, gerando os sintomas descritos, configurando a Síndrome ou Doença do Pânico.
    Do ponto de vista biológico, acredita-se que há um distúrbio temporário em certos neurotransmissores (substâncias que atuam nas células nervosas do cérebro), que fazem a mediação ou reação neuroquímica responsável pelas emoções.
    Uma pessoa pode ter uma só crise de pânico na vida ou ter a Doença do Pânico quando tem crises que se repetem. Ela pode existir junto com uma fobia ou não, especialmente a agorafobia que é o medo de espaços abertos e medo de estar só em ambientes que para a pessoa geram muita insegurança. Fobia é o deslocamento de ansiedade em um ponto da realidade no qual a pessoa pode melhor suportar. Ela é a concentração da ansiedade em outros pontos que não o central e básico do conflito da pessoa. É um medo específico e muito exagerado. Fobia, por exemplo, de elevador, representa simbolicamente algo que na verdade incomoda a pessoa emocionalmente em seu inconsciente. A fobia, portanto, é uma defesa contra a ansiedade que resulta do conflito básico na mente da pessoa para o qual ela pode não ter consciência até que esteja pronta para tal.
    Para resolver, a pessoa precisa, portanto, aprender a desenvolver mais segurança interiormente, não ter medo do medo, não concentrar-se no que sente ou como seu corpo está funcionando, mas desviar a mente para outras coisas. Se fez exames médicos clínicos incluindo avaliação cardíaca (exame físico, eletrocardiograma, ergometria, etc.) nos últimos meses, para evitar a crise disparar, é importante lembrar a si mesma que sua saúde física é boa, que o médico disse que não há nenhum problema no coração. Se não fez avaliação cardíaca, então deve fazer para descartar a existência de doença cardíaca ou encontrar algo e tratar.
    Além disso, para cortar uma crise de pânico que começa a surgir a pessoa deve respirar profundamente várias vezes, se possível conseguir um saco de papel ou plástico e soprar dentro dele como se estivesse enchendo uma bola (bexiga) de aniversário. Faça isto ao ar livre, se possível, umas seis a oito vezes seguidas.
    Algumas ervas medicinais ou fitoterápicos podem ajudar a reduzir a ansiedade excessiva até que a pessoa aprenda a relaxar, a ficar mais autônoma, e a abrir mão do controle. Estes medicamentos fitoterápicos têm a grande vantagem sobre os convencionais por não produzirem os vários efeitos colaterais dos remédios químicos sintéticos e não produzirem dependência física. Dentre eles estão a Valeriana, a Camomila, a Passiflora, a Melissa e também o Lúpulo que ajuda a relaxar para dormir. Se a pessoa apresenta também sintomas depressivos a Erva de São João (hipérico) é útil na dose de 300 mg três vezes ao dia. A Valeriana tem bons efeitos sobre a ansiedade e a dose pode variar de 100 à 400 mg de uma a três vezes ao dia (ou mais) dependendo da sensibilidade da pessoa à medicação. Valeriana pode agir tão bem quanto o Diazepam, e não produz dependência física, o que ocorre com o diazepam e outros tranquilizantes desta família química.

    ResponderExcluir
  80. Por favor onde poso encontrar essa erva natural? eu tenho H polory e essa bacteria me encomoda muito,por favor me ajudem. obrigada. Margareth- Cuiaba-MT

    ResponderExcluir
  81. oi me chamo patricia e estou com uma ulcera estagio 4 no pé com uma casquinha amarela que em baixo dela da pra ver o tendão,estou assustada pois não sara usei pomada neomicina e eoleo de girassol,ontem á noite tentei arrancar a casquinha na expectativa que não precisasse mais dela, porem la debaixo vi o tendão apertei a casca novamente para baixo cobrindo o tendão e enfaixei. queria uma ajuda. ja fui ao ortopedista ele nem examina so olha de longe, inclusive naõ prescreveu nada usei a pomada e o oleo de egirassol por conta propria e vi resultados no inicio sarou uma boa parte da ferida mais essa ultima na regiao do tendao não.me ajude.

    ResponderExcluir
  82. A guaçatonga não acaba com H. Pylori.

    ResponderExcluir
  83. Tudo bem Valquíria Santos?
    O mel de abelhas é um ótimo remédio natural para feridas, devido as suas propriedades cicatrizantes.
    Limpe a ferida com água e sabão, jogue um pouco de Clorexidina, certifique-se que o local está devidamente limpo e a seguir regue a ferida com uma colher de mel.
    Tape a ferida com uma gaze e regue mais uma vez com um pouquinho de mel, coloque outra gaze limpa e ponha uma atadura.
    Lembre-se de trocar o curativo 2 vezes ao dia, sempre limpando a ferida muito bem.

    ResponderExcluir
  84. Ola Marcia, td bem? meu nome e Bianca eu tenho gastrite, esofagite e hernia de hiato a mais de 10 anos,sempre estou tomando remedios, fazendo endoscopies e etc, ontem meu ,medico me disse que estou novamente com a H pylori, estou cansada de omeprazole, endoscopias, nao poder comer nada que passo mal. Eu vi nas suas resposta que a guaçatonga nao mata a bac. H pylori, meu medico me deu o coquetel de antibioticos, eu vou tomar para matar a H pylori e ja comprei em um site nos EUA a guaçatonga em capsula, pq morro na Escorcia e por aqui nao tem, assim que chegar eu vou tomar, queria muito saber de voce se tem alguma contra indicacao, porque sou alergica a frutos do mar e algumas outras alergias, e tambem tenho asma controlada e estou comecando um tratamento de fertilidade em vitro, e tambem quanto tempo devo tomar a capsula, por isso queria saber se voce sabe se eu teria algum problema, pq nem adianta eu perguntar meu medico pq eles aqui nao acreditam em medicina natural ele vai me dizer pra nao tomar, gostaria muito da sua ajuda pois quero muito melhorar para poder ter uma gestacao tranquila. Muito obrigado pela sua ajuda e parabens pelo seu trabalho. Att. Bianca

    ResponderExcluir
  85. Coma brócolis! Uma substância conhecida como sulforafano, presente no vegetal tem se mostrado eficiente no combate à Helicobacter pylori, a bactéria acusada de provocar gastrite e úlcera.
    Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, verificaram, em testes de laboratório, que o sulforafano é capaz de destruir o micro-organismo.
    Veja outros alimentos que combatem a bactéria:
    - Repolho
    - Couve-flor
    - Couve-de-bruxelas
    De preferência coma os vegetais crus. Se for cozinhar, faça-os com pouca água e durante pouco tempo, para eles conservarem o máximo possível suas propriedades. Só corte os vegetais na hora de servir, senão eles ficam secos e murcham.
    Faça uma depuração biológica com salada de frutas frescas bem lavadas predominantemente com alimentos alcalinos que deve ser a base da alimentação. É melhor evitar alimentos ácidos que acidificam o organismo e são susceptíveis de facilitar a reprodução desse tipo de bactéria. Entre elas estão a carne, carboidratos refinados e os açúcares.
    Como você deve evitar a azia é muito eficaz tomar, regular e principalmente antes das refeições, um suco de batata crua, aipo e cenouras que são ricas em potássio.
    Também tome regularmente um pouco de água com dolomita dissolvida entre as refeições para absorver os elementos alcalinos e tóxicos da mucosa do estômago.
    Os purês ou cremes suaves são muito benéficos: abobrinha, purês ou abóbora, cebolas, alhos-porós e batatas.
    Evite café, álcool e refrigerantes.
    Coma sempre a refeição descontraidamente, em um ambiente agradável, com uma boa mastigação e salivação, melhorando a digestão.
    Os combates entre a acidez e protetores do revestimento do estômago são: camomila, tamarindo, hortelã e gengibre.
    Compressa abdominal aplicada principalmente na barriga com uma toalha molhada ou um pano torcido em água fria. Cubra com um pano, lã ou tiras de pano de forma a segurar e passar pelo menos uma hora.
    Utilize Cúrcuma que beneficia a integridade gástrica e aumenta a mucina, um dos principais constituintes do muco do estômago.
    Existem alimentos que servem como antibióticos naturais: alho, cebola, gengibre, tomilho, alecrim, hortelã e própolis.
    A guaçatonga é recomendada no tratamento de alergias. Consuma 2 a 4 g por dia na forma de comprimidos por uma semana.

    ResponderExcluir
  86. Olá, Márcia. Estou tomando o chá de guaçatonga e daqui a 5 dias completo 1 semana de tratamento. Gostaria de saber se devo repetir esse tratamento e, caso deva, daqui a quanto tempo? Tenho hérnia de hiato, refluxo e em consequência disso, uma lesão no esôfago. Aguardo sua resposta, e desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  87. Chá não é “remédio” de uso contínuo. Tomar o mesmo chá, todo dia, por muito tempo, pode dar problemas! O interessante é variar, explorar todas as opções e experimentar tudo o que tem por aí!

    ResponderExcluir
  88. Olá Marcia, gostaria de saber se o mel puro elimina a H Pylori ?

    ResponderExcluir
  89. Comer mel puro diariamente pode ser eficaz no tratamento e prevenção de úlceras gástricas, pois o produto combate a bactéria Helicobacter Pylori, que desencadeia a úlcera.

    ResponderExcluir
  90. oi amiga e quando a suspeita de um câncer no intestino será que esta planta também ajuda combater este tipo de tumor ?

    ResponderExcluir
  91. Não há pesquisas científicas que confirmem a ação da erva no câncer de intestino.

    ResponderExcluir
  92. Olá Marcia.,

    tenho herpes ocular a pouco tempo ..neste momento esta cicatrizado ...mas sei que apenas esta adormecido ele pode voltar ...Como esta planta guaçatonga é um bom cicatrizante , será que se eu tomar cha alguns dias por mes ..ou meio em meio ano ...ou x..em x tempo me ajudará a prevenir e ele nao "acordar"..???

    ResponderExcluir
  93. A guaçatonga é indicada para herpes labial e herpes genital, mas não há pesquisas científicas que confirmem a ação da erva em herpes ocular.

    ResponderExcluir
  94. Boa noite. Estou com feridas no estômago ( úlcera) e fiquei sabendo que a guaçatonga atua de modo bastante eficaz, por isto pergunto onde compro aqui no Rio de Janeiro onde moro ou mesmo em algum site. Agradeço a atenção e aguardo retorno, Carla Campos

    ResponderExcluir
  95. Você encontra em lojas de produtos naturais e orgânicos, Gosto também do site http://www.oficinadeervas.com.br.

    ResponderExcluir
  96. Ola, tenho uma amiga que esta com úlcera péptica, e eu queria saber se isso vai funciosar para ela.
    Se funcionar onde eu posso achar esse remedio ?

    ResponderExcluir
  97. A guaçatonga atua na úlcera péptica. Você encontra em lojas de produtos naturais e orgânicos, Gosto também do site http://www.oficinadeervas.com.br.

    ResponderExcluir
  98. Olá Marcia

    Serve para úlcera duodenal também?
    Venho tomando todos os dias suco de couve que me disseram fazer bem. É verdade? Posso continuar tomando a couve e a guaçatonga?

    ResponderExcluir
  99. Pesquisa realizada pelo Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara constatou que a guaçatonga acelera a cicatrização de úlceras gástricas e duodenais.
    O médico americano Dr. Carnett Cheney (Universidade de Stanford) publicou, desde 1940, uma série de trabalhos científicos sobre o tratamento das úlceras do estômago e do duodeno com suco de couve. Obtinha o suco centrifugando couve crua e fazia os doentes tomarem quatro ou cinco vezes diariamente, de 200 a 250 ml de suco cru. Informou que mediante este tratamento ao cabo de cinco dias, no máximo, conseguia fazer cessar as dores, curando-se as úlceras, nuns catorze dias.
    Você pode tomar o suco de couve e a guaçatonga.

    ResponderExcluir
  100. Ola marcia gostaria de saber porquanto tempo devo tomar o extrato de guaçatonga,quantas vezes no dia e quantas gotas?

    ResponderExcluir
  101. Extrato fluído (solução hidro alcoólica 65%): 30 gotas 3 vezes ao dia. Não ultrapassar a dose diária nem a periodicidade de 10 dias, pois podem ocasionar efeito contrário.

    ResponderExcluir
  102. Porquanto tempo quem tem ulcera se deve tomar extrato fluido de guaçatonga?

    ResponderExcluir
  103. Não ultrapassar a dose diária nem a periodicidade de 10 dias, pois pode ocasionar efeito contrário.

    ResponderExcluir
  104. Sim porque a Guaçatonga protege o estômago e evita lesões sem modificar a produção do suco gástrico (cicatrizante).

    ResponderExcluir
  105. tomei o extrato fluido de guaçatonga por dez dias e ja tem uns dois meses q parei,posso voltar a tomar o extrato de guaçatonga de novo?pois só voltarei a fazer a endoscopia em novembro.

    ResponderExcluir
  106. Apenas repita se os sintomas voltarem.

    ResponderExcluir